Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Polícia expulsa manifestantes de praça do movimento ‘Occupy Wall Street’

Por Spencer Platt 15 nov 2011, 10h15

A polícia começou a expulsar manifestantes anti-Wall Street da praça do distrito financeiro de Nova York, onde teve início o movimento de protesto, constatou um jornalista da AFP.

Muitos dos manifestantes que se reuniram no Zuccotti Park abandonaram o local por volta das 07H00 GMT (05H00 de Brasília), enquanto um pequeno grupo permanecia rodeado pela polícia.

Alguns dos agentes colocavam manifestantes em veículos da polícia, enquanto outros derrubavam as barracas e empilhavam os cartazes.

“Liberty Square (Zucotti Park), sede de Occupy Wall Street há dois meses e local de nascimento de 99% deste movimento que se estendeu a todo o país e ao mundo, está sendo evacuada por uma grande unidade de polícia”, informou um comunicado dos manifestantes.

O gabinete do prefeito de Nova York, Michael Bloomberg, no entanto, convocou os manifestantes a abandonar “temporariamente” a área, acrescentando que poderão retornar depois.

“Os ocupantes de Zuccotti devem abandonar temporariamente (o local) e tirar as barracas e lonas. Os manifestantes poderão voltar depois que o parque for liberado”, afirmou o gabinete do prefeito pelo Twitter.

A operação ocorreu menos de um dia depois da polícia desmantelar um protesto similar na Califórnia, com um saldo de mais de 30 detidos, como parte de uma linha mais dura das autoridades contra os manifestantes.

O movimento Occupy Wall Street é integrado principalmente por jovens que se manifestam contra a cobiça do capitalismo e a especulação, ocupando praças de várias cidades do país, algo que, para algumas autoridades, constitui uma ameaça para a segurança pública.

Continua após a publicidade
Publicidade