Clique e Assine por somente R$ 2,50/semana

Polícia Civil faz operação contra facção criminosa em SC

Estado enfrenta crise de segurança desde a última semana de agosto, com um aumento na frequência de ataques a policiais e órgãos de segurança

Por Da Redação 7 set 2017, 09h30

A Polícia Civil de Santa Catarina deflagrou, na manhã desta quinta-feira, a Operação Independência, que visa desmantelar uma facção criminosa que tem patrocinado ataques contra órgãos públicos de Segurança Pública no estado. Mais de 300 policiais estão nas ruas cumprindo 58 mandados de prisão e 42 de busca e apreensão.

Santa Catarina enfrenta uma crise de segurança desde a última semana de agosto, com um aumento na frequência de ataques a policiais, órgãos de segurança pública, sistema prisional e poder judiciário. As ordens judiciais estão sendo cumpridas nas cidades de Blumenau, Joinville, Florianópolis, Criciúma e Navegantes, sob a coordenação da Divisão de Repressão ao Crime Organizado (Draco).

  • Em nota do último dia 1º, assinada pelo delegado-geral Arthur Nitz, a Polícia Civil afirmava que estava investigando o crescimento do número de casos e da facção, que chamou de “criminosos tentando desafiar o estado”. Em uma reunião com delegados para discutir a crise, Nitz afirmou que “essa não é a primeira vez que Santa Catarina passa por provocações do tipo e, como nas outras ocasiões, a lei prevalecerá”.

    A operação foi batizada de Independência em homenagem ao feriado nacional em que é realizada e, segundo nota oficial, em alusão à autonomia institucional da Polícia Civil.

    Continua após a publicidade
    Publicidade