Clique e Assine por somente R$ 2,50/semana

Polícia Civil apreende maior arma do estado do Rio de Janeiro

Metralhadora de calibre .50 mede 1,68 metro, pesa 38 quilos, e era negociada por 200 mil reais para ser usada em uma ação criminosa fora do estado

Por Da redação 20 set 2018, 15h42

A Polícia Civil do Rio de Janeiro apreendeu uma metralhadora Browning, calibre .50, de 1,68 metro de comprimento e 38 quilos, considerada a maior arma já apreendida no estado. O armamento era negociado nas ruas do bairro da Barra da Tijuca, perto da orla, por Thiago da Silva Lopes e Pablo Carvalho da Silva, que eram observados há três dias e foram presos no final da tarde desta quarta-feira. Um terceiro membro, não identificado, fugiu na abordagem. Houve troca de tiros, mas ninguém ficou ferido. 

Segundo a polícia, dissidentes do Primeiro Comando da Capital (PCC) e integrantes do Comando Vermelho participavam da ação. O delegado titular da Delegacia de Roubos e Furtos de Cargas (DRFC), Delmir Gouveia, confirmou que um dos presos veio do Rio Grande do Sul na última sexta-feira para negociar o armamento, que ficou na Favela da Rocinha e iria para o Fallet/Fogueteiro, outro com complexo de favela na cidade do Rio de Janeiro.

A arma ficaria no local por até três dias, antes de ser utilizado para uma ação criminosa fora do Estado. Nesta negociação, ela era vendida por 200.000 reais. A polícia não revelou detalhes da investigação de como a arma chegou à favela.

  • A metralhadora .50 é uma arma de guerra americana, com grande poder de destruição com capacidade de até 600 tiros por minuto. O modelo de arma já foi usado em ações criminosas fora do país, em assaltos tanto em sedes bancárias quanto transportadoras de valores, como carros blindados. Para sua utilização é necessário um ponto fixo e a utilização das duas mãos do atirador.

    Continua após a publicidade
    Publicidade