Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

PMs derrubam parte de muro no Rio para saída de viaturas

Entrada principal do 27º Batalhão, em Santa Cruz, estava ocupada por familiares de policiais que protestam contra falta de pagamentos

Como a entrada principal do 27º Batalhão da Polícia Militar, em Santa Cruz, na zona oeste do Rio de Janeiro, estava bloqueada por um grupo de familiares de PMs, agentes do Batalhão derrubaram parte de um muro para sair com os veículos na manhã desta sexta-feira. A denúncia foi feita por mulheres que participam do protesto, segundo as quais quatro viaturas saíram pelo espaço.

“Nós chegamos às 5 horas e desde então nenhum veículo saiu pela entrada principal. Mas por volta das 6 horas percebemos quatro viaturas já fora do Batalhão e vimos o buraco por onde elas passaram”, conta Melina, mulher de um PM. “E teve policial que pulou o muro pra sair para o trabalho”, completa.

Veja também

“Contávamos com o 13º e com as gratificações, que deveriam ter sido pagas no ano passado e até agora nada. Além disso, as viaturas e os coletes de proteção estão sucateados. Outro dia um policial ficou sem freio na viatura. Se o governo não tivesse roubado tanto, teria dinheiro para essas despesas”, afirma a mulher de outro PM, que não quis se identificar.

O buraco no muro tem cerca de 3 metros de largura e, segundo as mulheres, foi aberta com uma espécie de picareta.

(com Estadão Conteúdo)

Comentários

Não é mais possível comentar nessa página.

  1. essas mulheres são baderneiras,elas tem que ser punidas sim,já que foi elas que causaram tanta desgraças,vão trabalhar ou aprender a viver com o pouco que tem.E quem vive com o fantasma do salário mínimo?E quanto aos poderosos de farda,até parece que eles não gostaram.Qualquer trabalhador que não se apresente ao trabalho tem seu dia cortado e,porque os bonitões não?Uma semana sem trabalhar e,vai ficar por nada

    Curtir

  2. Geroldo Zanon

    Os bons morrem e a PRAGA do LULA continua encomodadndo

    Curtir