Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

PMDB ganha o comando dos fundos de pensão

A fidelidade do PMDB nas votações sobre o valor do salário mínimo no Congresso já traz resultados ao partido. Os peemedebistas conseguiram o comando da Superintendência Nacional de Previdência Complementar (Previc) para José Maria Rabelo, funcionário do Banco do Brasil e homem de confiança do ministro da Previdência, o peemedebista Garibaldi Alves.

A nomeação de Rabelo, assinada pela presidente Dilma Rousseff, foi publicada na quarta-feira pelo Diário Oficial da União. Ele entra no lugar de Ricardo Pena Pinheiro, ligado ao PT, primeiro presidente da superintendência, criada há apenas um ano.

À frente da Previc, o PMDB fiscalizará não só o patrimônio de 512 bilhões de reais dos fundos de pensão, mas a movimentação dos diretores da previdência complementar das estatais. Os maiores fundos, como Previ (do Banco do Brasil), Petros (Petrobras) e Funcef (Caixa), na quase totalidade são ligados ao PT. Todos os grandes fundos são acionistas de grandes empresas no setor de infraestrutura, eletricidade, mineração e alimentos.

(Com Agência Estado)