Assine VEJA a partir de R$ 9,90/mês.

PMDB de Campinas apoiará candidato do PDT

Por Da Redação - 19 jun 2012, 18h04

Por Gustavo Porto

São Paulo – A executiva estadual do PMDB autorizou nesta segunda o diretório do partido em Campinas (SP) a apoiar a candidatura à reeleição do atual prefeito da cidade, Pedro Serafim (PDT). Os dois partidos devem formalizar os termos da coligação até esta quarta e o mais provável é que o até então pré-candidato a prefeito do PMDB, vereador Dário Saadi, seja indicado como candidato a vice-prefeito de Serafim.

À Agência Estado, Saadi afirmou que seria difícil levar adiante sua candidatura por dificuldades de financiamento da campanha e defendeu o apoio ao atual prefeito. “Uma campanha a prefeito é muito cara e seria um risco muito grande fazê-la”, disse o vereador. “O acordo com o PDT está bem encaminhado e pretendemos formalizá-lo para a convenção no dia 28 de julho.”

Além do PDT, o PMDB chegou a negociar uma coligação com o PT, mas a baixa densidade eleitoral apontada em pesquisas informais do candidato petista, o ex-presidente do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea), Marcio Pochmann, afastou os peemedebistas do acordo.

Publicidade

Atual prefeito, Serafim assumiu o cargo interinamente no ano passado, após as cassações do então prefeito Hélio de Oliveira Santos (PDT), em agosto, e de seu substituto, o vice-prefeito Demétrio Vilagra (PT), em dezembro. Nas ocasiões, Serafim era presidente da Câmara. Serafim foi mantido no cargo para um mandato tampão até dezembro deste ano, após vencer uma eleição indireta realizada pelos vereadores, em abril.

Publicidade