Clique e assine a partir de 9,90/mês

PM prende suspeitos de planejar ataque a quartel

Com um dos suspeitos foi apreendido um bilhete com o endereço de alguns policiais. Dois dos presos são suspeitos de pertencerem ao PCC

Por Da Redação - 23 out 2012, 07h23

Quatro homens, dois deles suspeitos de pertencerem ao Primeiro Comando da Capital (PCC), foram presos, no início da madrugada desta terça-feira, no bairro Rochdale, em Osasco, na Grande São Paulo, próximo à sede do Comando de Policiamento de Área Metropolitano VIII (CPAM-8), onde fica o centro de operações da Polícia Militar.

Segundo a PM, há suspeita de que o grupo preparava-se para atacar bases da corporação na região. Abordados na Rua Analândia, os quatro suspeitos ocupavam um Citroën C3 preto, denunciado por moradores do bairro que vinham estranhando a atitude dos desconhecidos. Dentro do Citroën e de um Ford EcoSport, também preto e cujas chaves estavam com o grupo abordado no primeiro veículo, foram encontrados quatro armas, sendo três revólveres, munições de diversos calibres e 6.000 reais em dinheiro. Outros integrantes do bando conseguiram fugir em um Chevrolet Cativa.

Segundo a PM, o EcoSport estava estacionado atrás do quartel. A polícia acredita que os criminosos pretendiam atacar policiais militares ou bases da corporação. Com um dos suspeitos, foi apreendido um bilhete com o endereço de alguns policiais. Um dos PMs mora próximo de onde o grupo foi preso.

Todos foram levados para o plantão do 10º Distrito Policial, do Jardim Baronesa e autuados em flagrante por porte ilegal de armas e formação de quadrilha. Segundo a polícia, os integrantes do grupo saíram da cadeia há um ano e têm passagens por roubo, sequestro, homicídio e formação de quadrilha.

(Com Agência Estado)

Continua após a publicidade
Publicidade