Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

PM prende no Rio traficante que era braço direito de Nem

Isaías de Oliveira Cabral, de 48 anos, conhecido como Borrof, foi chefe do Morro dos Macacos, na zona norte do Rio de Janeiro

Por Da Redação 5 mar 2012, 09h54

Policiais militares prenderam na manhã desta segunda-feira, na Praia de Mauá, no Rio de Janeiro, Isaías de Oliveira Cabral, de 48 anos, conhecido como Borrof, ex-chefe do Morro dos Macacos, em Vila Isabel, zona norte da cidade. Segundo a PM, ele era aliado do traficante Scooby e homem de confiança do traficante Nem. Borrof vivia como pescador, mas era o 22º nome da hierarquia do tráfico de drogas na comunidade.

O acusado fugiu do cerco policial realizado durante a operação na Rocinha, em novembro do ano passado. O Disque-Denúncia oferecia recompensa de 1 mil reais pela captura de Borrof. A ocorrência está sendo encaminhada para a Polícia Federal.

Outra prisão – A polícia prendeu no domingo outro traficante do Morro dos Macacos, Everton Firmo Mesquita, de 30 anos, o “Brigão”. Ele é apontado como um dos ex-gerentes do tráfico na favela. Ele foi capturado por policiais da Unidade de Polícia Pacificadora (UPP) do Morro dos Macacos.

Com a ajuda de denúncias de moradores, os policiais da UPP estavam em alerta para pegar o traficante caso ele aparecesse na comunidade. Neste sábado, Everton foi à festa de aniversário da sobrinha e os policiais da UPP cercaram o local para não dar chance de fuga ao acusado.

Everton havia fugido da comunidade antes do cerco policial, ocorrido na época da instalação da UPP. Segundo informações do setor de inteligência da polícia, ele buscou proteção na Rocinha, na zona sul, que era dominada pela mesma facção a que ele pertencia. Desde que as forças de segurança levaram o projeto de pacificação para a Rocinha, Everton tentou se esconder em áreas onde traficantes da mesma facção criminosa a qual ele pertence atuam.

(Com Agência Estado)

Continua após a publicidade
Publicidade