Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês

PM do Rio troca comandantes de batalhões

Lista com novos comandantes foi anunciada nesta quarta-feira. A partir de agora, oficiais permanecerão no cargo por no máximo um ano, com renovação sujeita a avaliação de desempenho

Por Da Redação 12 out 2011, 18h18

A Polícia Militar divulgou, no fim da manhã desta quarta-feira, os nomes dos novos comandantes dos batalhões, indicados pelos Comandos de Policiamento de Área (CPA). Já sob os novos critérios estabelecidos pelo novo comandante geral de Polícia Militar, coronel Erir Ribeiro Costa Filho, o processo de nomeação foi precedido de uma avaliação da ficha disciplinar e judiciária dos oficiais escolhidos. O objetivo é garantir que os comandantes comissionados estejam dentro do perfil definido pelo comando da corporação para liderar a tropa.

Dentre as mudanças, está a permanência dos comandantes nos batalhões por um prazo mínimo de um ano. A ideia é permitir que o oficial conheça melhor a área de atuação da unidade, suas peculiaridades e problemas, além de se aproximar mais da tropa e da comunidade. Caso sejam bem avaliados, os comandantes poderão ter suas nomeações prolongadas por mais um ano.

Ao todo, são 20 novos comandantes. Para o 2º BPM (Botafogo), foi escolhido o tenente-coronel Reynaldo Salvador Lemos. O 23 º BPM (Leblon) fica sob o comando do coronel Álvaro Sérgio Alves de Moura. Na Maré, o 22º BPM para as mãos do tenente-coronel Rogério Martins da Silva, que assume o lugar do ex-comandante Cláudio Oliveira.

O processo de renovação no comando dos batalhões continua. Até o final da semana, novos nomes devem anunciados pelo comandante-geral da PM.

Continua após a publicidade

Publicidade