Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

PM controla nova tentativa de rebelião em Pedrinhas

Foi a segunda tentativa de rebelião no complexo penitenciário em 24 horas; presos reclamam da presença da polícia e da Força Nacional no presídio

A Polícia Militar e a Força Nacional conseguiram debelar uma nova tentativa de rebelião na Central de Custódia de Presos de Justiça (CCPJ) na noite desta quinta-feira. Foi a segunda tentativa de motim registrada no presídio em menos de 24 horas. A CCPJ é uma das unidades que integram o Complexo Penitenciário de Pedrinhas, onde 62 detentos foram mortos desde o ano passado.

De acordo com a Secretaria de Justiça e Administração Penitenciária do Maranhão (Sejap), os presos que tentaram se rebelar estão insatisfeitos com a presença da PM no complexo e integram o grupo que comandou os ataques a ônibus e a delegacias no dia 3 de janeiro, em São Luís, que resultou na morte de uma criança de seis anos queimada.

Leia também:

Horror nas cadeias pode destrinar clã Sarney no Maranhão

Após a tentativa de motim, homens da Polícia Militar e da Força Nacional, com o acompanhamento da Corregedoria e Ouvidoria da Sejap, revistaram as celas da unidade.

Familiares dos presos que estavam na frente da prisão ainda chegaram a interditar o trânsito na BR-135, localizada em frente ao Complexo de Pedrinhas, única ligação por terra com a capital maranhense, mas a Polícia Rodoviária Federal liberou o tráfego uma hora depois do início do protesto. A PM e a Força Nacional reforçaram a segurança no local.

(Com Estadão Conteúdo)