Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

PF prende policiais que escoltavam traficantes em fuga da Rocinha

A Polícia Federal prendeu, nesta quarta-feira, quatro policiais e um ex-PMque escoltavam cinco traficantes em fuga da favela da Rocinha. Entre os bandidos presos, estão Anderson Rosa Mendonça, conhecido como Coelho, chefe do tráfico no morro de São Carlos, e Sandro Luiz de Paula Amorim, conhecido como “Peixe”. Ambos são importantes comparsas de Antonio Francisco Bonfim Lopes, o Nem, chefe do tráfico na Rocinha.

Segundo a secretaria de Segurança, eles estavam em um comboio de quatro carros, e haviam deixado a favela para tentar se antecipar à instalação da Unidade de Polícia Pacificadora, que está programada para os próximos dias.

A PF interceptou as viaturas próximo a um shopping próximo à Pontifícia Universidade Católica (PUC), na Gávea. Mais adiante, na altura do Jockey Club, os policiais abordaram um carro que transportava fuzis e granadas. Policias e traficantes presos foram conduzidos à sede da Polícia Federal.

A secretaria de Segurança confirmou, em nota, que informações recolhidas ao longo do dia pela área de inteligência sugeriam o envolvimento de policiais civis e militares num plano de fuga dos bandidos da Rocinha. Através do Disque-Denúncia, informações do mesmo teor chegaram à corregedoria da Polícia Civil.

Os demais presos na operação são: Paulo Roberto Lima da Luz, conhecido como “Paulinho”; Varquia Garcia dos Santos, conhecido como “Carré”; Sandro Oliveiro; Carlos Daniel Ferreira Dias, policial civil lotado na secretaria de Saúde Pública; Carlos Renato Rodrigues Tenório e Wagner de Souza Neves, policiais civis lotados na Delegacia de Roubo e Furtos de Cargas; José Faustino Silva, PM reformado; e Flávio Melo dos Santos, ex-PM.

A favela da Rocinha está sendo alvo de operações policiais desde a semana passada. Na manhã desta quarta-feira, cerca de 50 policiais militares do Batalhão de Choque permaneceram no entorno da mais famosa favela do Rio de Janeiro. A operação teve o objetivo de coibir a saída maciça dos traficantes. Os policiais fazem rondas pelo bairro de São Conrado, revistando veículos e vans.

A polícia também fez incursões em outras favelas dominadas por traficantes da mesma facção criminosa de Nem.

Marinha – O ministro da Defesa, Celso Amorim, assinou nesta quarta-feira a permissão para a participação da Marinha na ocupação da Rocinha. Segundo a Marinha, serão usados os carros blindados Lagarta Anfíbio, que serão operados por fuzileiros navais. O governador Sérgio Cabral havia pedido a autorização há cerca de dez dias.

LEIA TAMBÉM:

Na ocupação da Rocinha, a redenção de São Conrado

(com Agência Estado – atualizado às 20h11m)

Atualizado às 22h30m