Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

PF prende cinco por contrabando na fronteira com Uruguai

Três fábricas de CDs e DVDs piratas foram identificadas em Santana do Livramento, no Rio Grande do Sul. Mais de 10.000 mídias foram apreendidas

Nesta quarta-feira, cinco pessoas foram presas em flagrante durante a Operação Sentinela da Polícia Federal em Santana do Livramento, município que marca a fronteira entre o Rio Grande do Sul e o Uruguai. Três mandados de busca e apreensão também foram cumpridos. A Operação Sentinela foi criada para combater o tráfico e o contrabando nas fronteiras secas brasileiras. Hoje, o objetivo da operação foi coibir a produção e o comércio de CDs e DVDs falsificados.

Três fábricas de CDs e DVDs piratas foram identificadas na região do município gaúcho. Mais de 8.000 mídias falsificadas, 3.300 mídias virgens, nove impressoras, quatro computadores, sete torres gravadoras com seis unidades de produção de cópias cada uma, tintas de recarga de cartuchos, além de matrizes para extração de cópias e material impresso para embalar os discos foram apreendidos.

De acordo com a Polícia Federal, a mercadoria produzida nessas fábricas seria distribuída em cidades brasileiras da região e no Uruguai. Parte dos CDs e DVDs seria destinada à comercialização na Praça Flores da Cunha, conhecida como a “Praça dos Cachorros”, situada na linha imaginária que marca a fronteira com o Uruguai.

(Com Agência Estado)

LEIA TAMBÉM:

As desprotegidas portas do Brasil

Tráfico e contrabando usam a Marinha paraguaia para combater a Polícia Federal na fronteira

Augusto Nunes: o avião que garante a segurança das fronteiras só decolou na cabeça de Dilma