Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Pesadelo carioca: mais um arrastão na zona sul do Rio

Bandidos armados roubam motoristas no engarrafamento de volta para casa na Estrada do Joá, que liga os bairros de São Corrado e Barra da Tijuca

Quem passava de carro na noite de segunda-feira pela Estrada do Joá – via que serpenteia a encosta entre os bairros de São Conrado e Barra da Tijuca, no Rio – viveu um dos pesadelos cariocas. Bandidos armados saquearam carros de passeio que estavam presos no engarrafamento, por volta das 21h.

Sem opções de escape e sem policiamento, os quatro quilômetros da Estrada do Joá fazem dos motoristas presas fáceis para os assaltantes. Dessa vez, o engarrafamento impediu que os veículos fossem roubados. Somente pertences, dinheiro, bolsas e celulares foram levados. Ainda na noite de segunda-feira, policiais militares e civis fizeram buscas no local, sem sucesso.

Há quatro semanas, no dia 31 de agosto, os motoristas ficaram encurralados por criminosos em outra via que serve de ligação entre a zona sul e a Barra da Tijuca. No mesmo horário, por volta das 21h, o assalto a um motociclista levou pânico a quem estava preso no engarrafamento.

Em desespero, motoristas e passageiros abandonaram os carros ou tentavam voltar de marcha a ré. Em poucos minutos, o Zuzu Angel ficou deserto e a situação no local só se normalizou depois de cerca de duas horas, com presença da Polícia Militar.

São Conrado já havia ganhado as manchetes do Brasil e do mundo dez dias antes, quando bandidos armados fizeram 35 reféns no Hotel Intercontinental, quando tentavam fugir de policiais. Dez criminosos foram presos na ocasião e uma mulher, que faria parte da quadrilha, morreu baleada.

São Conrado e Barra da Tijuca são bairros de classe média alta. É nessa região que se concentra também a maior parte das atividades previstas para os Jogos Olímpicos de 2016.

LEIA TAMBÉM:

Medo de arrastão para o trânsito no Rio