Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Perto dos seus 200 dias no cargo, só metade do país aprova Obama

A popularidade do presidente americano Barack Obama caiu para 50%, o índice mais baixo desde sua posse, em janeiro. O número foi revelado por uma pesquisa de opinião realizada pela Universidade de Quinnipiac e publicada nesta quinta-feira, às vésperas dos 200 dias de Obama na presidência dos EUA. A margem de erro é de mais ou menos 2 pontos.

Além dos 50% de americanos aprovam seu presidente, 42% se queixam da maneira com que sua administração reage à crise econômica e à reforma do sistema de saúde. Os números demonstram uma forte queda em relação à pesquisa anterior do Instituto Quinnipiac, que dava a Obama 57% de aprovação contra 33% de reprovação, em 2 de julho.

A nova pesquisa aponta que 49% desaparovam a política econômica de Obama, contra 45% que aprovam. Quanto a seu projeto de reforma do seguro de saúde, 52% desaprovam contra 39%. Em compensação, sua política externa é aprovada por 52% dos entrevistados, contra 38%. A pesquisa Quinnipiac foi feita de 27 julho a 3 agosto com 2.409 americanos.

(Com agência France-Presse)