Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Papa pede solidariedade internacional com população do Sahel

O papa Bento XVI pediu nesta sexta-feira à comunidade internacional que “considere seriamente” a “extrema pobreza” das populações no Sahel, ameaçadas por uma seca que poderá gerar uma fome generalizada.

“O Sahel está gravemente ameaçado outra vez há meses por uma grande queda de recursos alimentares e pela fome, por causa da falta de chuvas e do avanço constante do deserto”, disse o pontífice ao receber uma delegação de religiosos africanos.

Bento XVI se reuniu com delegados da Fundação João Paulo II pelo Sahel, criada há 28 anos, com sede em Burkina Faso e administrada pelos bispos católicos nessa região.

“Peço à comunidade internacional que considere seriamente a extrema pobreza dessas populações, cujas condições de vida se deterioram”, disse.

“Não se trata de fazer um mundo sob medida. A igreja não tem como primeira vocação transformar a ordem política ou mudar o tecido social”, disse Bento XVI, antes de dizer em seguida que, para a Igreja Católica, a África “é o continente da esperança”.

O Sahel é a região do continente africano situada entre o deserto do Saara e as savanas centrais.