Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

País registra 25% mais queimadas em setembro em relação a 2018

Dados do Inpe mostram diminuição do fogo na Amazônia, mas aumento dos focos de incêndio em todos os outros biomas

O número de focos de queimadas registrados em todo o Brasil em setembro é 25% maior em relação ao mesmo mês de 2018. De acordo com dados do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe), a quantidade de fogo diminuiu na Amazônia, mas este número cresceu em todos os outros biomas do país. Em setembro de 2019, o Inpe registrou em todo país 53.234 focos de queimadas contra 42.251 no mesmo mês em 2018.

Na Amazônia, as queimadas caíram de 24,8 mil ocorrências em setembro do ano passado para 19,9 mil este ano. A região esteve no centro de uma crise ambiental do governo Bolsonaro no mês de agosto, quando, as Forças Armadas foram escaladas para combater o fogo.

Os focos de incêndio praticamente dobraram no Cerrado (passou de 11,4 mil para 22,9) e na Mata Atlântica (salto de 2,3 mil para 4,3 mil). No Pantanal, os registros passaram de 785 focos em setembro do ano passado para 20,8 mil neste ano. A maior variação foi verificada no Pampa, com um aumento de 307,4% (67 focos em 2018 contra 273 focos em 2019).

 

Comentários

Não é mais possível comentar nessa página.

  1. Viva Bolsonario, o destruidor da natureza.

    Curtir