Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Oposição pede à Unesco que proteja patrimônio sírio dos ataques do exército

A oposição síria pediu nesta sexta-feira à Unesco que atue para proteger os sítios históricos do país, que correm riscos por causa dos ataques do exército regular contra civis.

“O selvagem regime de Bashar Al Assad destroi vidas humanas, mas também um patrimônio da Humanidade de uma antiguidade de mais de 6.000 anos, ao bombardear mesquitas, igrejas, fortalezas e antigas residências”, explicou, em um comunicado recebido pela AFP, a Corrente da Mudança Nacional Sírio.

Segundo este grupo, a mesquita de Omar, em Deraa (sur), construída há vários séculos, e a igreja de São Ilian al Homsi, em Homs (centro), foram danificadas pelos bombardeios.

A Síria tem um importante patrimônio arqueológico e histórico e sua capital, Damasco, éuma das cidades mais antigas do mundo.