Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Operário morre em acidente em fábrica no interior de SP

Por Aline Bronzati

São Paulo – Um operário da General Motors morreu, neste sábado, na fábrica da montadora em São José dos Campos (SP). Antonio Teodoro Pereira Filho, 60 anos, foi prensado ao ser atingido por uma ferramenta de 24 toneladas, segundo informações do Sindicato dos Metalúrgicos de São José dos Campos.

Ele foi encontrado desacordado, por volta das 9 horas, por companheiros, e levado pelo resgate ao Pronto Socorro da Vila Industrial. Pereira Filho, que trabalhava há 32 anos na General Motors, morreu após sofrer três paradas cardíacas. No momento do acidente, ele estava realizando hora extra no setor Prensa – linha A.

Trata-se do segundo acidente fatal ocorrido na fábrica em apenas três anos, segundo o sindicato. Em 2009, o trabalhador Aparecido Constantino morreu em acidente na GM também enquanto fazia hora extra.

O presidente do Sindicato, Vivaldo Moreira Araújo, criticou, em nota, o ritmo de produção acelerado que, de acordo com ele, tem submetido os funcionários a situações que colocam “em risco a segurança dos trabalhadores”. “Mais uma vez a GM foi negligente. Vamos exigir que a montadora responda por mais esta tragédia”, destacou ele, por meio de comunicado à imprensa.

A GM informou, em nota oficial, que “lamenta” o ocorrido e que está “oferecendo todo tipo de ajuda necessária à família do empregado”. A montadora também disse que, juntamente com as autoridades constituídas, investiga as causas do acidente.