Clique e assine a partir de 9,90/mês

Operação da Polícia do Rio mira autor de ataque ao Porta dos Fundos

Agentes cumprem mandado de prisão contra um dos responsáveis pelo atentado à produtora

Por Redação - Atualizado em 31 Dec 2019, 18h09 - Publicado em 31 Dec 2019, 11h14

A Polícia Civil do Rio de Janeiro cumpre mandados de prisão e de busca e apreensão na investigação do ataque contra a produtora Porta dos Fundos. As autoridades informaram que a operação mira um dos autores do atentado. O suspeito foi identificado como sendo Eduardo Fauzi.

Segundo a polícia, a ação apreendeu “dinheiro, simulacro de arma, munição, camisa de entidade filosófico-política e computadores”. O acusado, que não teve a identidade divulgada, segue sendo procurado.

A sede do grupo de humoristas Porta dos Fundos, no bairro do Humaitá, foi atacada com coquetéis molotov na madrugada da terça-feira passada 24. O fogo foi controlado por um segurança que estava no local. Ninguém ficou ferido. A trupe tem sido alvo de críticas e ameaças desde o lançamento do especial de Natal, na Netflix, que mostra um Jesus gay voltando do período no deserto com um namorado.

Em um vídeo divulgado na semana passada, um suposto grupo integralista reivindicou a autoria do ataque.

Continua após a publicidade

Publicidade