Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Operação da Polícia Civil desarticula facção criminosa em Brasília, São Paulo e Ceará

Ao todo, 17 mandados de prisão e apreensão foram expedidos contra integrantes do Comando Vermelho e do PCC

Uma megaoperação da Polícia Civil está acontecendo no Distrito Federal, na manhã desta sexta-feira. A ação, intitulada Tabuleiro, busca desarticular uma grandes facções criminosas que controlam o tráfico de drogas de dentro das penitenciárias. A ação também acontece simultaneamente em São Paulo e no Ceará.

Até o momento, a polícia cumpriu catorze dos 17 mandados de prisão, sendo a maioria em Brasília, um em São Paulo e outro no Ceará.

De acordo com a Polícia, os investigadores fizeram uma busca em nove endereços suspeitos. Os locais serviriam para armazenar bens e informações de uma das maiores facções criminosas do país, o Comando Vermelho. Dentre os materiais apreendidos que foram encaminhados para o Departamento de Polícia Especializada estão documentos, celulares e diversos registros do tráfico.

Após meses de investigação, a Delegacia de Combate ao Crime Organizado (Deco) do Distrito Federal descobriu também que uma célula do PCC agia no entorno da capital federal, principalmente no controle do tráfico de drogas. A “filial” do PCC em Brasília recebeu o nome de PLD (Paz, Liberdade e Direito). Segundo os investigadores, a unidade também estava sob às ordens de Marcos Willians Camacho, o Marcola, maior líder da facção no Brasil, que está preso na Penitenciária de Presidente Venceslau, em São Paulo. Membros do Comando Vermelho também estariam infiltrados nas cadeias e disputando áreas de venda de drogas.

Apesar de os principais integrantes das quadrilhas já estarem detidos, a ação visa também a transferência deles para estabelecimentos federais de segurança máxima.

Leia também:

Saiba quem são os criminosos que comandam o PCC

PCC cresceu 33% nos últimos quatro anos