Clique e assine a partir de 9,90/mês

Ofensiva de Temer em defesa da carne do país nas manchetes de 20/03/17

Temer convocou reunião para tratar de revelações da PF, ministro da Agricutura viu exageros, prometeu fiscalização e domingo acabou em churrascaria

Por Da redação - Atualizado em 20 mar 2017, 11h06 - Publicado em 20 mar 2017, 06h55

Folha de S.Paulo
Governo minimiza problema na carne apontado pela PF

O ministro da Agricultura, Blairo Maggi, criticou a Polícia Federal por “erros técnicos” na Operação Carne Fraca, que levou o presidente Michel Temer a convocar reunião de emergência e disse que as falhas apontadas são pontuais.

Perícia de acidente que matou Teori deve descartar sabotagem

Dois meses após queda de avião turboélice que matou o ministro do STF Teori Zavascki e outras quatro pessoas em Paraty (RJ), as três investigações abertas por órgãos federais seguem sem conclusão. A Folha apurou que a hipótese de sabotagem é remota e praticamente descartada pelos investigadores.

 

Continua após a publicidade
Continua após a publicidade
Continua após a publicidade

O Estado de S.Paulo
Temer defende carne, mas embaixadores reagem com cautela

Preocupado com o impacto no mercado brasileiro e internacional provocado pelas revelações da PF, o presidente Michel Temer iniciou na tarde deste domingo uma ofensiva para tentar preservar a imagem do produto. O dia, iniciado com uma reunião de emergência no Palácio do Planalto, terminou em uma churrascaria, na qual o presidente quis “provar”, ao lado de embaixadores e representantes de países consumidores, a qualidade do produto nacional.

 

Continua após a publicidade
Continua após a publicidade
Continua após a publicidade

O Globo
Governo promete rigor na fiscalização de frigoríficos

Dois dias depois de deflagrada a Operação Carne Fraca, na qual a Polícia Federal revelou um esquema de pagamento de propinas a fiscais agropecuários para liberação de carnes impróprias, o governo Temer montou uma ofensiva para tentar conter os efeitos do escândalo sobre o mercado internacional e o consumidor interno. O ministro da Agricultura, Blairo Maggi, anunciou um aperto na fiscalização de 21 frigoríficos suspeitos e prometeu identificar os lotes vendidos por essas unidades.

 

Continua após a publicidade
Continua após a publicidade
Continua após a publicidade

Valor Econômico
BNDES refuta críticas e tenta salvar concessões

Os acordos de leniência fechados com o Ministério Público Federal pelas empresas envolvidas na Lava Jato são fundamentais para que essas companhias voltem a contratar empréstimos com o BNDES, disse ao valor a presidente do banco, Maria Silva Bastos Marques.

 

Continua após a publicidade
Continua após a publicidade
Continua após a publicidade

Gazeta do Povo (PR)
Reforma da Previdência: saiba como votarão os 30 deputados federais do Paraná

Boa parte dos deputados federais paranaenses é contra a proposta de emenda constitucional enviada pelo Planalto para a reforma da Previdência: 15 dos 30 parlamentares dizem não concordar com o texto atual do projeto

 

Continua após a publicidade
Continua após a publicidade
Continua após a publicidade

Jornal do Commercio (PE)
Temer decide acelerar auditoria em estabelecimentos produtores de carnes

Em reunião com embaixadores de países que importam carne brasileira, Temer anunciou que irá acelerar o andamento das auditorias nas indústrias envolvidas ou não na Operação Carne Fraca.

Publicidade