Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Obra do metrô fecha estações na Zona Sul do Rio

Estação General Osório, em Ipanema, ficará interditada por 10 meses, a partir do próximo sábado. Cantagalo deve ser paralisada por 15 dias

Resolver questões de infraestrutura em uma cidade densamente ocupada tem um preço. No grande canteiro de obras em que se transformou o Rio de Janeiro, revirado para dar conta das adaptações em curso para a Olimpíada de 2016 e a Copa do Mundo de 2014, os moradores têm que se acostumar a, nos próximos anos, conviver com tapumes, poeira, máquinas e muita confusão. A partir deste sábado, os cariocas começam a enfrentar mais uma fase da obra – e mais transtornos. Para a próxima fase da construção da linha 4 do metrô, duas estações na Zona Sul da cidade precisarão ser fechadas, o que joga para a superfície mais gente, carros e ônibus no já saturadíssimo trânsito da cidade. As mudanças e o plano para enfrentar os transtornos foram apresentados esta manhã, no Palácio Guanabara, com presença de secretários e representantes do Metrô Rio, concessionária que opera o sistema.

Quem mais vai sofrer com o fechamento das estações é o morador que chega ou parte das estações do Cantagalo e General Osório. A primeira ficará fechada por 15 dias. A segunda ficará interditada por 10 meses.

A previsão oficial libera a estação General Osório em janeiro. Ou seja, depois das festas de fim de ano e do réveillon, quando a própria prefeitura incentiva o uso do metrô para os que pretendem chegar e sair da Zona Sul da cidade. Durante a coletiva desta quinta-feira, o secretário estadual da Casa Civil, Régis Fichtner, afirmou que o governo do estado tentará adiantar o andamento da obra para que a estação General Osório possa ser reaberta em dezembro, antes das festas de fim de ano.

Diariamente, as estações Cantagalo e General Osório recebem, respectivamente, cerca de 15 mil e 30 mil pessoas. Com o fechamento das duas estações, os 45 mil passageiros terão que interromper a viagem na Estação Siqueira Campos. De lá, poderão usar ônibus do metrô de superfície até as estações. Hoje, o sistema opera com 15 ônibus. A partir de sábado, serão incluídos outros dois ônibus.

Leia também:

Vídeo mostra aperto no metrô do Rio

Empresa nega problemas em novos trens do metrô do Rio