Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

O recall da Camargo Corrêa: vem aí outra delação do fim do mundo

Depois da Odebrecht, a Camargo Corrêa negocia uma superdelação: quarenta executivos revelarão o que sabem sobre as propinas pagas a mais de 200 políticos

Reportagem de VEJA desta semana revela que a Camargo Corrêa, uma das maiores empreiteiras do país, negocia com a Procuradoria-Geral da República uma segunda leva de delações, nos moldes do acordo feito pela Odebrecht, que deve envolver a colaboração de cerca de quarenta executivos e até acionistas e alcançar em torno de 200 políticos, inclusive expoentes do governo de Michel Temer. A Camargo Corrêa promete até exumar o cadáver da Operação Castelo de Areia, que tinha a construtora no centro do escândalo – uma engrenagem que envolvia corrupção, evasão de divisas e lavagem de dinheiro – e que foi abortada pela Justiça. Quando isso ocorreu, porém, já se sabia que Temer aparecia 21 vezes nas planilhas, ao lado de outros figurões da República, como os ministros Gilberto Kassab (PSD) e Mendonça Filho (DEM) e os senadores Renan Calheiros (PMDB) e Romero Jucá (PMDB). A superdelação também trará novos problemas para Antonio Palocci, principal interlocutor da empreiteira nas gestões do PT. Se Brasília já não dormia pela expectativa da delação da Odebrecht, apelidada de “fim do mundo”, o clima vai ficar ainda mais tenso: o mundo pode acabar duas vezes.

Para ler a reportagem na íntegra, compre a edição desta semana de VEJA no iOS, Android ou nas bancas. E aproveite: todas as edições de VEJA Digital por 1 mês grátis no Go Read.

Comentários

Não é mais possível comentar nessa página.

  1. Renato Rodrigues Coelho

    Alguém se lembra do ano de 1999?! Quando não se falava outras coisas , só no fim do mundo?, pois é muitos morrem de lá até aqui(acabou o mundo para eles ), mas nós, estamos de pé e sabemos que o mundo não acabou, então, assim como essa lava jato o mundo não irá acabar e a corrupção vai voltar mais forte e descarada. Menti?

    Curtir

  2. O Lula não é Santo e nunca foi….mas querer prende lo com as “evidencias” que dizem por ai e deixar soltos esse que comprovadamente roubaram Bilhões e que há provas de sobra só serve para Lula se passar como vitima e com todo o direito! É o mesmo que prender o ladrão de galinhas e fechar os olhos aos que assaltam bancos!! Os 3 poderes são um só e se alimentam em si mesmos e se protegem. E a origem esta no judiciário e promotoria publica.

    Curtir

  3. joao pereira de oliveira

    Que quadrilha?

    Curtir

  4. cadeia para todos os corruPTos, seja lá do maldito P que seja!!!

    Curtir

  5. Não tem jeito.Esse governo e todos,todos,todos seus integrantes deveriam ser postos na rua.Fechar o Congresso imediatamente,o exercito assumir uma desratização geral no país e em paralelo,preparar o país para devolve-lo aos civis,assim q esses tenham aprendido a trabalhar com transparência,estadismo e honestidade compatíveis com a nobre missão de conduzi-lo rumo a um futuro mais promissor do que o q temos hoje.

    Curtir

  6. Flávio Lagoas

    Grande M. A da Odebrecht não mandou pra cadeia nenhum político, o Brasil está fu e mal pago, marginais cagando e andando pro povo.

    Curtir

  7. Paulo Oliveira

    É agora ou nunca mais…tem que fazer uma limpeza geral, não importa se é PMDB – PT – PSDB – DEM – PSD – PTB – PSOL – PCDoB – chega de sofrimento deste povo tão miserável , que só sabe pagar impostos elevados e não ter nenhuma contrapartida…vamos que vamos povo brasileiro…é agora ou nunca mais…

    Curtir

  8. prevejo uma fusao do PT com o PCC e com muita degola de cabecas

    Curtir

  9. se fosse o temer ja mandava fazer um presidio de seguranca com hidro,sauna picina e creche por muchelzinho kkk e uma filal da soho pra primeira dama tricotar com marisa e dilma kkk

    Curtir