Clique e Assine por somente R$ 2,50/semana

Número de mortos na Baixada Santista sobe para 27 

De acordo com a Defesa Civil, 43 pessoas ainda estão desaparecidas; solo encharcado cria alerta para risco de novos deslizamentos

Por Da Redação 5 mar 2020, 12h51

A Defesa Civil do estado de São Paulo informou, no início da tarde desta quinta-feira, 5, que subiu para 27 o número de mortos em decorrência das fortes chuvas que atingiram a região da Baixada Santista na madrugada da terça-feira 3. Outras 43 pessoas estão desaparecidas. Segundo nota divulgada pelo órgão, os municípios atingidos foram Guarujá (22 mortes e 37 desaparecidos), Santos (3 mortes e 5 desaparecidos) e São Vicente (2 mortes e 1 desaparecido).

De acordo com a atualização, o número atual de desabrigados é de 228 no Guarujá, 3 em São Vicente, 150 em Santos e 102 em Peruíbe. A Defesa Civil informa, ainda, que foram disponibilizadas 19,5 toneladas de materiais de ajuda humanitária aos municípios afetados, sendo: 15,6 toneladas (colchões, cobertores, cestas básicas, roupas, água sanitária, kits de limpeza, kits de higiene e água potável) para o depósito do Fundo Social de Santos de onde serão distribuídos, mediante solicitação, às defesas civis municipais; 1 tonelada (colchões) ao Guarujá; 2,9 toneladas (colchões, cestas básicas, kits de higiene, limpeza e vestuário) a Peruíbe.

  • No Diário Oficial do estado desta quarta-feira, o governador João Doria (PSDB) publicou os decretos municipais de situação de anormalidade de Guarujá (estado de calamidade pública), de Santos e de São Vicente (situação de emergência). Nesta quinta-feira, esses decretos foram reconhecidos no Diário Oficial da União (DOU).

    Dados do Núcleo de Gerenciamento de Emergência da Defesa Civil do Estado indicam que, até as 4h da manhã de terça (3), o acumulado nas últimas 12 horas de chuvas no Guarujá foi de 282 mm, em Santos 218 mm, em Praia Grande 170 mm, em São Vicente 169 mm, em Mongaguá 160 mm, em Cubatão 132 mm e tanto em Itanhaém como em Bertioga o acumulado foi de 110 mm.

    A previsão para esta quinta-feira, 5, é de céu nublado com possibilidade de chuva fraca e isolada ao longo do dia. O volume previsto não é significativo, mas, como o solo está bastante encharcado, o alerta para risco de deslizamentos permanece vigente.

    Continua após a publicidade
    Publicidade