Assine VEJA a partir de R$ 9,90/mês.

Número de mortes cai 30% em rodovias concedidas

Por Da Redação - 3 jan 2012, 16h03

Por Ayr Aliski

Brasília – As rodovias federais concedidas registraram 769 acidentes, 380 vítimas e 9 mortes no último feriado de ano novo. O balanço, que considera o período entre 30 de dezembro de 2011 e 1º de janeiro de 2012, foi divulgado hoje pela Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT). A análise leva em conta os 14 trechos de rodovias federais concedidas, em um total de 4.763 quilômetros.

De acordo com a ANTT, o número de acidentes caiu 11,1% em relação ao feriado de ano novo anterior, quando houve 865 acidentes. O número de mortes caiu 30% (13, em 2010/2011; para 9, em 2011/2012) e o número de vítimas foi reduzido em 18% (464, em 2010/2011; ante 380, em 2011/2012).

A ANTT divulgou também tabelas sobre o número de acidentes em cada um dos 14 trechos de rodovias federais concedidas. A análise envolve Nova Dutra, ponte Rio Niterói, Concer, CRT, Concepa, Ecosul, Planalto Sul, Litoral Sul, Régis Bittencourt, Fernão Dias, Fluminense, Transbrasiliana, Rodovia do Aço e Via Bahia.

Publicidade

A rodovia que teve o maior número de acidentes neste último feriado foi a Autopista Fernão Dias (entre São Paulo e Belo Horizonte), com 207 casos, ante 216 acidentes, no feriado de ano novo anterior. Houve, portanto, queda de 4,2%. Em segundo lugar ficou a Autopista Litoral Sul (entre Curitiba e Florianópolis), com 150 acidentes neste último feriado, ante 196 no feriado de ano novo 2010/2011, em uma redução de 23,5%. Em terceiro lugar figura a Nova Dutra, com 119 acidentes neste último feriado, o que representa uma alta de 16,7% em relação aos 102 acidentes registrados no final de ano anterior.

Publicidade