Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Neve em Nova York: novo desafio para movimento ‘Ocupem Wall Street’

Os ativistas do movimento “Ocupem Wall Street” (OWS) resistiam neste sábado, em suas tendas instaladas na praça Zuccotti de Nova York, a um inesperado teste a seu protesto: uma tempestade de neve fora de época que caiu sobre a cidade, com rajadas de vento.

“Neve? Que neve? Tenho um país para me preocupar”, dizia um cartaz carregado por um jovem sob a chuva e as camadas de neve na esquina da praça situada a unos 300 metros da Bolsa nova-iorquina e escolhida pelos manifestantes para estabelecer sua base desde o dia 17 de setembro passado.

Tal como havia sido anunciado na véspera, Nova York sofreu uma nevasca neste sábado, a quarta dos últimos 135 anos num mês de outubro, segundo dados do Serviço Meterológico Nacional americano.

“Vamos jogar sal. As pessoas dão informações sobre como enfrentar baixas temperaturas quando se acampa”, informou à AFP Brian Majdanik, um jovem de 27 anos que participa do protesto há duas semanas e meia.

“O prefeito Michael Bloomberg disse ontem que enquanto o proprietário do parque não se queixar sobre as tendas, não há problema”, explicou Brian, de luvas e gorro.

A água corria, no entanto, pelas escadarias da praça até o centro do acampamento, que os manifestantes tentavam isolar do chão gelado e molhado, com bolsas de plástico.

A cozinha, a outra grande tenda aberta, seguia funcionando e distribuía sopas e bebidas quentes.

“Neste dia frio, o movimento Ocupem Wall Street necessita de nosso apoio”, disse à AFP Charles Jenkins, representante do sindicato de trabalhadores do transporte público em Nova York.