Assine VEJA por R$2,00/semana
Continua após publicidade

Na plateia do debate, Kassab ouve críticas à sua gestão

Por Da Redação
3 ago 2012, 00h22

Por Daiene Cardoso e Guilherme Waltemberg

São Paulo – O prefeito de São Paulo, Gilberto Kassab, teve que assistir em silêncio as críticas à sua administração no primeiro debate entre os candidatos a sua sucessão promovido pela TV Bandeirantes. Sentado ao lado do presidente nacional do PSDB, deputado federal Sérgio Guerra (Pernambuco), Kassab foi atacado por quase todos os candidatos e só foi defendido uma vez pelo tucano José Serra.

Entre as críticas que ouviu, Kassab viu o candidato do PRB, Celso Russomanno, chamar a Prefeitura de “antro de corrupção” e o peemedebista Gabriel Chalita dizer que a “máquina da desonestidade se instalou na Prefeitura”. Do petista Fernando Haddad, Kassab ouviu que não entregou os três hospitais que prometeu e que não fez nenhum corredor de ônibus durante seu mandato.

Sem poder se manifestar no debate, o prefeito baixava a cabeça, recebia tapinhas nas costas de consolo e algumas vezes chegou a trocar comentários com Guerra. O alento veio quando Serra perguntou a Levy Fidelix (PRTB) sobre transporte sobre trilhos, o qual defendeu o investimento da atual gestão no metrô. “Nunca se fez tanto nesta cidade”, disse Serra, para o alívio do atual prefeito.

Continua após a publicidade

Em meio à expectativa da plateia em relação à performance de seus candidatos durante os dois primeiros blocos do debate, Levy Fidelix foi o único a arrancar gargalhadas da plateia de convidados e dirigentes partidários. O primeiro burburinho causado pelo candidato aconteceu quando Fidelix anunciou que, se eleito, criaria moto-médicos na cidade. Quando foi perguntado por Serra sobre transporte público, Fidelix também arrancou risos dos espectadores. “Não combinamos nada, mas você me jogou uma bola nas mãos…”, para o deleite dos convidados.

Outro momento de ironia do candidato despertou a plateia do estúdio: foi quando Fidelix disse que Chalita será “mais um incompetente no futuro”. Debutantes em debates, Chalita e Haddad eram destaque dos intervalos. Posicionado ao lado de José Serra, Chalita mal olhava para o seu desafeto. Já Haddad passou boa parte do tempo esfregando as mãos enquanto os outros candidatos se pronunciavam.

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

Domine o fato. Confie na fonte.

10 grandes marcas em uma única assinatura digital

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 2,00/semana*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 39,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$96, equivalente a R$2 por semana.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.