Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Multas de trânsito sobem até 244% a partir de hoje

Valor pago por motoristas falando ou usando aplicativos de celular, por exemplo, mais do que triplica. Infração passou de grave para gravíssima

A partir desta terça-feira, as multas de trânsito sofrerão reajustes que variam de 52% a 244%. Com a mudança, infrações gravíssimas, cujo valor de multa atual está em 191,54 reais, passarão a 293,47 reais. Já as multas por infração grave passarão dos atuais 127,69 reais para 195,23 reais. A multa por falar ou usar aplicativos de celular, por exemplo, mais do que triplica, reclassificada de média para gravíssima.

As multas cobradas por infrações consideradas médias aumentarão de 85,13 reais para 130,16 reais. As leves serão reajustadas dos atuais 53,20 reais para 88,38 reais.

Veja também

Também a partir de novembro serão reajustados os valores das multas aplicadas a motoristas suspeitos de dirigir alcoolizados, que se recusarem a fazer o teste do bafômetro. Nesse caso, a multa passará de 1.915 reais para 2.934,70 reais. O motorista terá ainda a habilitação suspensa pelo prazo de 12 meses.

Outra mudança é no tempo mínimo de suspensão do direito de dirigir, quando o condutor atinge 20 pontos na CNH, que aumenta de um para seis meses. Além disso, haverá mais rigidez com aqueles que usarem irregularmente vagas destinadas a idosos ou deficientes físicos em estacionamentos, até privados.

Embora os reajustes venham em período de crise econômica, o argumento do governo foi o período de 19 anos sem aumento das multas. A Lei 13.281/2016 foi sancionada por Dilma Rousseff em maio deste ano, dias antes de seu afastamento da Presidência. Alguns itens previstos, como um sistema eletrônico para substituir notificações pelos Correios, ainda devem demorar a ser implementados.

Comentários

Não é mais possível comentar nessa página.

  1. Juvenil Neves

    A “fúria” arrecadatória do governo já começou. As multas de trãnsito já entraram como receitas “certas” nos tesouros do Estado (municípios, Estados e a União). Já se encontram nos orçamentos anuais dos governo. Virou um “novo imposto”. Por isso, a “sanha” em terceirizar e a implementação de equipamentos eletrônicos e de captura de infrações. Agora, cometeu infração, tem que ser penalizado mesmo.

    Curtir

  2. DURVAL PINTO DE ALCANTARA

    As penas do Código Penal Brasileiro deveriam ser reajustas nas mesmas proporções das multas de trânsito. Também as sanções aos governantes que negligenciarem com as vias públicas esburacadas causando acidentes tantos quanto os celulares deveriam ser multados da mesma forma…

    Curtir

  3. Felipe Atoline

    Como assim “período de 19 anos sem aumento das multas”? E o reajuste da Unidade de Referência Fiscal – UFIR?

    Curtir

  4. Gian M. Bass

    É…….o negócio é vender o carro e comprar bicicletas!…..

    Curtir

  5. Nestor Almeida

    Uma vergonha, é o mínimo que podemos chamar tal atitude de um governo injusto e que será fadado ao fracasso, com essas políticas de penalizar cada vez mais os cidadãos Brasileiros. Alem do mais, é uma enorme covardia multar os motoristas dessa forma absurda, quando deveriam fazer de tudo para instrui-los. Olhem bem, pois já vi este filme igualzinho em 1964 !

    Curtir

  6. Inácio Nóbrega

    O povo brasileiro é roubado de todos os lados.Os governantes só pensam nos próprios bolsos.

    Curtir

  7. Richard de Andrade

    A minha chateação vai além dos valores cobrados e do aumento, que é a falta de infraestrutura. Vias e sinalização ruins, e muita burocracia para resolver as mais diversas coisas relacionadas a trânsito. Estão só tomando e dando nada em troca. Isso revolta.

    Curtir

  8. Nelson Marchetto

    Já fiz o comentário as 12:20h estou aguardando a publicação!!!

    Curtir

  9. Aloisio Barros

    Ótimo! Multa foi feita para não se ter. Quem tem é porque errou. O mal do brasileiro é não seguir regras. Se seguisse, se fosse educado no trânsito e usasse menos o carro, não precisaria nada disso.

    Curtir

  10. Raimundo Cavalcante Barroso

    Povo ignorante bate palmas e não ver que isto é roubo. Porque não melhoram as vias de tráfego, com estacionamentos, pista duplicadas, bem sinalizadas? Porque não cassam as CNH´s por um período, sem multas? Isto tudo tem mais eficiência! Na realidade querem mesmo é a infração, assim têm as multas para pagar salários de fiscais de trânsito e caixinha para políticos. Um escárnio.

    Curtir