Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Motoristas terceirizados pelos Correios organizavam roubos a cargas da estatal

Criminosos dirigiam caminhões que saíam do centro de distribuição domiciliária dos Correios em Bangu, na Zona Oeste do Rio de Janeiro

Motoristas de uma empresa terceirizada pelos Correios organizavam roubos a encomendas de um dos centros de distribuição da estatal, na Zona Oeste do Rio de Janeiro. Dois funcionários da prestadora de serviço e outros quatro assaltantes foram presos nesta sexta-feira na operação GPS, realizada pela Polícia Federal. A quadrilha foi responsável por pelo menos 25 roubos de cargas da estatal de janeiro a outubro deste ano.

Os criminosos dirigiam caminhões que saíam do centro de distribuição domiciliária dos Correios em Bangu, de acordo com o delegado Fábio Andrade, responsável pelas investigações. Quando os veículos estavam repletos de mercadorias, esses funcionários costumavam alertar o resto da quadrilha e simulavam os assaltos. Em uma das ocasiões, um dos motoristas da quadrilha chegou a bloquear o funcionamento do GPS do caminhão de entrega para descarregar as mercadorias em uma favela. Depois de esvaziar o carregamento, inventou que foi assaltado e registrou ocorrência.

Foram expedidos sete mandados de prisão preventiva e sete mandados de busca e apreensão pela 8ª Vara Criminal Federal do Rio de Janeiro. Um dos criminosos permanece foragido. A quadrilha vai responder pelos crimes de associação criminosa, roubo a mão armada, apropriação indébita e falsa comunicação de crime.

Leia também:

Pezão vai manter Beltrame na Secretaria de Segurança

RJ faz operação contra facção suspeita de elo com PCC