Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Motorista enfrenta pontos de lentidão nas estradas de SP

Tombamento de carreta fechou uma faixa da Régis Bittencourt, no sentido São Paulo; excesso de veículos causa lentidão na descida para o litoral sul

Por Da Redação 29 mar 2013, 11h22

O motorista que deixa São Paulo na manhã desta sexta-feira encontra alguns pontos de lentidão nas estradas do estado, em geral por causa do excesso de veículos. Na Rodovia Régis Bittencourt, no sentido Curitiba, segundo a Autopista Régis, havia lentidão do quilômetro 323 ao 346, entre as regiões de Juquitiba e Miracatu, e do quilômetro 348 ao 350, na região de Miracatu.

Leia também:

Feriado tem três mortos nas estradas do Rio de Janeiro

Na pista sentido São Paulo, a lentidão ia dos quilômetros 29,5 a 28,5, na região de Campina Grande do Sul, nesse caso em razão do tombamento de uma carreta no quilômetro 28,5, que impedia o tráfego na faixa da direita. Equipes da concessionária estavam no local para cuidar da ocorrência.

Na Imigrantes, na descida para o litoral sul de São Paulo, o motorista encontrava lentidão do quilômetro 32 ao 40 por causa do excesso de veículos e, na serra, do quilômetro 40 ao 43, segundo a Ecovias. A Autopista Fernão Dias informou, em boletim divulgado pouco antes das 10 horas, que o tráfego seguia sem dificuldades em ambos os sentidos da rodovia (Belo Horizonte e São Paulo).

Continua após a publicidade

Na Castelo Branco, no sentido capital, havia tráfego lento no trecho entre Barueri e Itapevi, do quilômetro 33 ao 35. No sentido interior, no trecho entre Osasco e Barueri, a lentidão ia do quilômetro 23 ao 26. O motivo em ambos os casos era o excesso de veículos.

Na Via Dutra, no sentido São Paulo-Rio, obras na pista causavam lentidão em Aparecida, do quilômetro 71 ao 64. No sentido Rio-São Paulo, o tráfego era lento em Barra Mansa, do quilômetro 263 ao 264, devido a um acidente.

Aeroportos – De acordo com boletim das 10 horas da Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária (Infraero), a movimentação nos aeroportos era tranquila nesta manhã. Dos 62 voos programados no Aeroporto de Congonhas, na Zona Sul da capital paulista, apenas três tinham sido cancelados. No Aeroporto Internacional de São Paulo, em Guarulhos, dos oitenta voos programados, um estava atrasado no momento e doze foram cancelados.

No Aeroporto Santos Dumont, no centro do Rio de Janeiro, dos 46 voos programados, um estava atrasado e três haviam sido cancelados, mesmos números observados no Aeroporto do Galeão, na Zona Norte da cidade, que tinha 42 voos programados. Em Brasília, dos 46 voos programados, um estava atrasado e dois foram cancelados.

(Com Estadão Conteúdo)

Continua após a publicidade
Publicidade