Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Morre segunda vítima que caiu de viaduto durante protesto em BH

Luiz Felipe Aniceto, de 22 anos, estava internado em estado grave há dezenove dias no Hospital João XXIII

Morreu na noite desta quinta-feira Luiz Felipe Aniceto de Almeida, de 22 anos, que estava internado em estado grave desde o dia 22 de junho no Hospital João XXIII, em Belo Horizonte (MG). Ele havia caído do Viaduto José Alencar, que no entorno do Estádio do Mineirão, durante protesto que reuniu 70.000 pessoas e terminou em confronto com a Polícia Militar (PM). O rapaz é o segundo manifestante a morrer por ter caído do viaduto durante as manifestações na capital mineira.

A morte de Almeida foi confirmada pela assessoria da Fundação Hospitalar do Estado de Minas Gerais (FHEMIG), que administra o hospital. Ele ficou dezenove dias internado.

Pelo menos seis pessoas caíram do Viaduto José Alencar durante os protestos. A outra vítima foi Douglas Henrique Oliveira, de 21 anos, que morreu no dia 27 de junho. Segundo testemunhas, Oliveira tentou pular de uma pista para outra, mas caiu em meio aos confrontos com a PM. Ele teve traumatismo craniano e perda de massa encefálica.

As passeatas em Belo Horizonte provocaram caos no centro da cidade e na região da Pampulha, no entorno do estádio. Dezenas de lojas foram saqueadas e destruídas. A Avenida Presidente Antônio Carlos foi o placo das manifestações e conflitos. Vândalos chegaram a incendiar uma concessionária de carros.