Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Morre menino atingido por bala perdida em piscina no Rio

Garoto foi baleado enquanto estava na área de piscinas do Sesi com a família. É a segunda criança morta por bala perdida disparada no último fim de semana

O menino Asafe Willian Costa de Ibrahim, de 9 anos, atingido por uma bala perdida no último domingo no Rio, teve morte cerebral declarada na tarde desta quarta-feira, segundo a Secretaria de Saúde do Estado. Ele estava internado no Hospital Estadual Adão Pereira Nunes, em Duque de Caxias, na Baixada Fluminense. O garoto foi baleado na cabeça quando estava na área de piscinas no Sesi de Honório Gurgel, na Zona Norte do Rio.

Ibrahim havia acabado de sair da piscina para beber água, quando foi atingido pelo tiro. Diversos disparos foram ouvidos nas proximidades do Sesi, situado entre as favelas do Chapadão e da Pedreira. Num primeiro momento, a família pensou que ele havia sofrido um tombo, e só se deu conta que a criança tinha sido ferida por bala após o atendimento médico. A Polícia Civil investiga de onde partiu o disparo, mas por enquando não esclareceu o mistério. Familiares e funcionários do Sesi devem ser ouvidos pelos investidores e magens das câmeras de segurança da unidade serão analisadas.

O garoto é a segunda criança morta por bala perdida disparada no último fim de semana. Na tarde de sábado, Larissa Carvalho, de 4 anos, foi atingida por um tiro na cabeça em Bangu, na Zona Oeste do Rio, quando saía de um restaurante com a família. Este caso também está sendo investigado pela polícia.

Leia também:

Professor é atingido na cabeça por bala perdida

Morre Adrielly, a menina vítima de bala perdida no Rio

Balas perdidas: mais feridos e menos mortos no Rio

(Com Estadão Conteúdo)