Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Minorias superam os brancos em nascimentos nos EUA

Os nascimentos de americanos que se definem de raça branca deixaram de ser maioria nos Estados Unidos pela primeira vez, de acordo com dados do censo publicados nesta quinta-feira que confirmam a ascensão das minorias.

Os latinos, os negros, os asiáticos, os mestiços e os mulatos representaram 50,4% dos nascimentos em um ano até julho de 2011, o que significa que se tornaram maioria pela primeira vez na história do país.

O resultado era esperado há muitos anos, em especial com o crescimento da minoria hispânica, que nos últimos 11 anos alcançou 52 milhões de pessoas, 16,7% do total da população.

Os brancos continuam ostentando o maior percentual de nascimentos por raça, com 49,6%, de acordo com o censo de 2010, mas a combinação do restante da população mostra que os Estados Unidos viraram uma sociedade multirracial e multicultural.

Os brancos são 63,4% da população americana.

Desde 2000, a população latina cresceu 43%, o que significa que atualmente um em cada seis americanos tem origem hispânica.

A população que se define negra representa 12,2% do total de mais de 309 milhões.

Os latinos não representam apenas o maior percentual de imigrantes que chegam ao país, legais ou ilegais, mas também dominam entre os jovens, em presença escolar ou naturalizações.