Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Ministro do STJ autoriza João de Deus a ficar mais dez dias no hospital

Médicos alertam em relatório que o médium está com pneumonia, perdeu muito peso e seu estado de saúde piorou

O ministro Nefi Cordeiro, do STJ, autorizou o médium João de Deus a permanecer mais dez dias internado no Instituto de Neurologia de Goiânia. O religioso encontra-se em tratamento de pneumonia com antibiótico intravenoso, segundo relatório médico assinado hoje pelo cardiologista Alberto Las Casas Júnior e o psiquiatra Léo de Souza Machado, ambos do Instituto de Neurologia de Goiânia, onde está internado desde o dia 22 de março.

Segundo os médicos, o estado de saúde está piorando desde que ele foi preso, em 16 de dezembro do ano passado.  “Atualmente ele se encontra em tratamento de pneumonia com antibiótico Meropenem 2,0 gramas intravenoso a cada 12 horas, com duração prevista até o dia 24 de abril”, diz o relatório médico. “Está muito sonolento e pouco responsivo”.

Os médicos informaram que João não tem se alimentado adequadamente nas últimas 2 semanas, e perdeu peso. “No último sábado, 20/04, ele estava com apenas 76 quilos”, diz o boletim. João de Deus pesava mais de 100 quilos antes de ser preso. A defesa do médium alegou junto ao STJ que a demora na hospitalização piorou o estado de saúde do médium e que ele não apresenta condições de saúde para retornar ao presídio.

O médium  é acusado de abusar sexualmente de mulheres que buscavam tratamento espiritual na Casa Dom Inácio de Loyola, em Abadiânia.

Comentários

Não é mais possível comentar nessa página.

  1. Paulo Bandarra

    O Dr Fritz devia ir tratá-lo.

    Curtir