Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Militar nega participação em morte de juíza, no Rio

Por Da Redação 27 set 2011, 16h35

Por Bruno Boghossian

Rio – O tenente-coronel Claudio Luiz de Oliveira negou participação na morte da juíza Patrícia Acioli no dia 11 de agosto. Ele havia sido apontado por um dos PMs presos pelo crime como o mandante do assassinato.

“Eu acredito na Justiça, sou inocente e tenho certeza que isso vai ficar provado”, disse o ex-comandante do 7º BPM (São Gonçalo), ao chegar à Divisão de Homicídios para prestar depoimento.

O tenente-coronel, entretanto, não comentou detalhes do depoimento do cabo que o teria incriminado. “Não tenho conhecimento do depoimento de ninguém, ainda”, afirmou.

Continua após a publicidade
Publicidade