Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Mensalão: STF deve ter sessões extras às quartas-feiras

Reuniões adicionais para julgar o processo ocorreriam na parte da manhã. Corte tenta evitar prolongamento excessivo do julgamento

O Supremo Tribunal Federal (STF) deve realizar sessões extras às quartas-feiras de manhã para acelerar o julgamento do processo do mensalão. O presidente da Corte, Carlos Ayres Britto, afirmou nesta quarta que os ministros aproximam-se de um consenso sobre o tema.

“Ainda não está definido, mas tudo se encaminha para que seja às quartas-feiras de manhã”, afirmou Britto. Ele disse que está conversando com os colegas de tribunal sobre o tema e que a decisão deve sair à tarde, quando o STF se reúne para mais uma sessão de julgamento do processo do mensalão.

Até agora, a Corte tem dedicado as tardes de segunda, quarta e quinta-feira para analisar o caso, mas o ritmo não tem sido suficiente. Se mantida a velocidade do julgamento, os ministros provavelmente chegariam a novembro sem um veredito.

O julgamento do mensalão começou em 2 de agosto. Até agora, foram realizadas 21 sessões. Os ministros analisam neste momento o terceiro dos sete itens da denúncia. Nesta segunda-feira, o relator do processo do mensalão, Joaquim Barbosa, voltou a pedir a realização de sessões extradordinárias. Os integrantes da Corte já haviam discutido o tema em uma reunião administrativa. Mas, na ocasião, houve oposição à ideia de sessões adicionais e a proposta foi rejeitada.