Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Médico de Michael Jackson condenado à pena máxima de quatro anos de prisão

Um juiz condenou nesta quinta-feira Conrad Murray, médico do cantor Michael Jackson, à pena máxima de quatro anos de prisão, três semanas após ele ser considerado culpado da morte do artista em 2009.

“Ele absolutamente não tem sentimento de remorso”, afirmou o juiz Michael Pastor, depois de fazer um resumo do caso contra o médico de 58 anos, acusado de homicídio culposo.