Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Mansão de Abdelmassih em São Paulo vai a leilão

Ex-paciente venceu ação na Justiça alegando não ter recebido um tratamento de fertilização. O lance inicial do leilão é de 18,4 milhões de reais

Uma mansão da família do ex-médico Roger Abdelmassih localizada nos Jardins, área nobre de São Paulo, foi colocada à leilão com o lance inicial de 18,4 milhões de reais. O imóvel foi penhorado por decisão da Justiça depois que uma antiga cliente da clínica onde atuava Roger entrou com uma ação de indenização, alegando não ter recebido o tratamento de fertilização pelo qual pagou, em torno de 137.000 reais.

O terreno tem 900 metros quadrados, mas a área construída é de área construída de 1.292 metros quadrados. Até a publicação da reportagem, nenhum lance havia sido feito.

LEIA TAMBÉM:
Roger Abdelmassih é indiciado novamente por estupros
A vida secreta de Roger Abdelmassih no Paraguai

Em junho, o ex-médico foi indiciado, mais uma vez, por mais 25 estupros. Além de abusos sexuais, há denúncias de manipulações genéticas irregulares que resultaram no nascimento de crianças com deficiência. A segunda leva de investigações começou em 2009, quando Abdelmassih já respondia ao primeiro processo pelo estupro de 37 mulheres que buscavam tratamento de fertilização para engravidar.

Em 2010, o ex-médico foi condenado em a 278 anos de prisão, pena que, posteriormente, foi reduzida para 181 anos. Após três anos foragido, Abdelmassih foi preso no Paraguai, em 2014.