Assine VEJA por R$2,00/semana
Continua após publicidade

Manifestantes depredam agências bancárias na Av. Paulista

Grupo marchou em apoio aos atos que pedem a saída de Sérgio Cabral no Rio

Por Felipe Frazão
26 jul 2013, 20h58

Manifestantes depredaram agências bancárias nesta sexta-feira na Avenida Paulista, na região central de São Paulo. Cerca de 300 pessoas participaram de um ato em apoio aos protestos no Rio de Janeiro contra o governador Sérgio Cabral (PMDB). A Força Tática da PM acompanhava o protesto e depois do quebra-quebra arremessou bombas de gás lacrimogêneo para dispersar o grupo. Doze manifestantes foram detidos para averiguação, mas liberados logo em seguida.

Segundo informações da PM, o ato começou pacífico, com cerca de 80 pessoas, mas degenerou em vandalismo. Pelo menos dez agências bancárias foram destruídas com pedradas e barras de ferro. Encapuzados e vestidos de preto, os vândalos destruíram as fachadas das agências. Uma cabine da PM foi derrubada e depredada. O grupo também pichou uma estação do metrô e tentaram colocar fogo em um carro da Rede Record. Eles empunhavam bandeiras negras, que costumam ser levadas pelo grupo Black Bloc – de inspiração anarquista. Alguns também levavam a bandeira vermelha e preta do anarco-comunismo. Não há relatos de ter ocorrido confronto com a PM antes de a depredação começar.

Pauta – Além de apoiarem os cariocas que protestam contra Cabral, os manifestantes da Paulista reclamaram da atuação da PM do Rio. Eles fecharam a Paulista e caminharam do Masp em direção ao bairro do Paraíso, empunhando uma faixa com os dizeres “Vaza Cabral”. Alguns levavam cartazes com a pergunta sobre o caso do pedreiro desaparecido na Favela da Rocinha: “Onde está Amarildo?”. Havia pelo menos uma faixa também contra o governador Geraldo Alckmin (PSDB).

Durante toda a semana da Jornada Mundial da Juventude, houve uma série de protestos paralelos na capital fluminense contra Cabral.

(Com Estadão Conteúdo)

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

O Brasil está mudando. O tempo todo.

Acompanhe por VEJA.

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 2,00/semana*

ou

Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 39,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$96, equivalente a R$2 por semana.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.