Clique e Assine por somente R$ 2,50/semana

Manifestantes deixam plenário da Câmara

Por Da Redação 3 dez 2009, 14h54

Os manifestantes que invadiram na quarta-feira o prédio da Câmara Legislativa do Distrito Federal deixaram o plenário – onde estavam concentrados – no começo da tarde desta quinta, após acordo com a Mesa Diretora da Casa.

Contudo, eles prometem permanecer nas dependências do prédio até a saída definitiva do governador José Roberto Arruda (DEM) e do vice, Paulo Octávio. O grupo deve ocupar, agora, a galeria da Casa, para que a sessão que deve definir o novo corregedor possa ser reaberta.

O prédio foi invadido na tarde da última quarta-feira, quando cerca de 500 manifestantes, entre sindicalistas, estudantes e militantes de vários partidos, entraram carregando um caixão, simbolizando o enterro do governador.

Arruda é acusado, em inquérito da Operação Caixa de Pandora, da Polícia Federal (PF), de comandar um esquema de recebimento e distribuição de propina por empresas a parlamentares e apoiadores do governo. A Casa já recebeu seis pedidos de impeachment contra o governador.

(Com Agência Estado)

Continua após a publicidade
Publicidade