Clique e assine com até 92% de desconto

Mancha causa interdição de praia em Búzios

Suspeita é de que produtos usados na limpeza de banheiros de navios sejam a causa do problema. Dezenas de banhistas foram encaminhados ao hospital da cidade

Por Da Redação 21 fev 2014, 16h15

Dezenas de banhistas que mergulharam nas águas da Praia da Tartaruga, em Búzios, Região dos Lagos fluminense, passaram mal e foram encaminhados para o Hospital Municipal Dr. Rodolpho Perissé. A Secretaria de Meio Ambiente da cidade informou que os problemas começaram depois que uma mancha oleosa, de cor amarelada apareceu na Praia da Tartaruga. Uma das suspeitas é de que a mancha tenha sido causada por produtos químicos usados na limpeza de banheiros de navios. A Capitania dos Portos foi acionada para investigar essa hipótese, e a praia foi interditada.

Os banhistas reclamaram de ardência nos olhos, infecção nas vias respiratórias e intoxicação. Segundo o prefeito de Búzios, André Granado, que também é médico, 34 pessoas foram atendidas na unidade municipal entre as 15h de quinta-feira e as 6h desta sexta. A pasta desaconselhou o banho de mar na praia, uma das mais procuradas da cidade.

Técnicos do Instituto Estadual do Ambiente (Inea) coletaram amostras da mancha para análise em laboratório. A concessionária de abastecimento e saneamento da região, Prolagos, montou um laboratório volante para auxiliar na identificação da origem da mancha.

(Com Estadão Conteúdo)

Continua após a publicidade
Publicidade