Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Maluf deixa hospital e passa a cumprir pena em regime domiciliar

De acordo com o boletim médico, é "imprescindível que ele receba cuidados específicos para múltiplas metástases ósseas na coluna vertebral e quadril

O deputado federal afastado Paulo Maluf (PP-SP) recebeu alta neste domingo do Hospital Sírio Libanês e foi para sua casa, no Jardim Europa, em São Paulo, como informou a colunista Monica Bergamo, do jornal Folha de São Paulo. Condenado por lavagem de dinheiro, ele passará a cumprir a pena, de sete anos, nove meses e dez dias de prisão, em regime domiciliar. A determinação foi do ministro Edson Fachin, do Supremo Tribual Federal (STF).

Veja também

De acordo com as recomendações médicas divulgadas no boletim do hospital é “imprescindível que Maluf receba cuidados específicos para múltiplas metástases ósseas na coluna vertebral e quadril.” Maluf também precisa de tratamento para “coronariopatia e correções de alterações de cognição de humor”.

O boletim também informa que “para manter a sobrevida do paciente, Maluf deve ser submetido a cuidados especiais”.

Maluf havia sido internado em 6 de abril no hospital Sírio Libanês.

 

Comentários

Não é mais possível comentar nessa página.

  1. Artur Britto

    Maluf é o maior símbolo da impunidade no Brasil. Graças a corruptos como ele que o crime do colarinho branco compensa.

    Curtir

  2. JOSÉ ALVES GUIMARÃES

    Pessoas que distribbuíram alegria e promoveram o bem, morrem. Maluf, Lula, Sarney, Renan, o angorá e tantos bandidos maléficos ao povo e ao país parecem milenares. O mundo é injusto?

    Curtir