Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Mais Médicos: 17% das vagas ainda não foram preenchidas

1.462 vagas do programa ainda estão sem profissionais da saúde após a saída dos médicos cubanos

O Ministério da Saúde informou, nesta sexta-feira, 11, que 1.087 profissionais com registro profissional no Brasil (CRM) se apresentaram nas localidades escolhidas após a inscrição na segunda chamada do programa Mais Médicos. O prazo de apresentação dessa etapa foi encerrado nesta quinta-feira, 10.

Com isso, restam ainda 1.462 vagas para ser preenchidas por profissionais brasileiros ou estrangeiros formados no exterior, que serão abertas nas próximas chamadas. Nos dias 23 e 24 de janeiro, os brasileiros graduados no exterior terão chance de selecionarem os municípios de alocação e nos dias 30 e 31 de janeiro, será a vez dos médicos estrangeiros.

Foram ofertadas, inicialmente, 8.517 vagas na primeira etapa de seleção, que contou com 5.968 profissionais que se apresentaram nos municípios escolhidos, ficando disponíveis 2.549 vagas. Para estas, na segunda etapa, 1.707 médicos se inscreveram até esta quinta-feira, 10, e 1.087 se apresentaram nas localidades.

Somadas as 842 vagas que haviam sobrado das inscrições às 620 que não foram ocupadas, a porcentagem remanescente de vagas foi de 17%.

O Ministério da Saúde lançou, desde novembro, editais para a substituição dos médicos cubanos que atuavam em 2.824 municípios e 34 DSEIs. Inicialmente, concorreram apenas médicos com registro no país. Um novo edital, em andamento, seleciona também profissionais formados no exterior.