Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Ao menos 33 presos são mortos em RR; ministro nega retaliação

Mortes ocorrem quatro dias após massacre em presídio de Manaus em disputa de facções; governo de RR diz que matança foi 'possivelmente' uma ação do PCC

Apenas quatro dias após a matança de 60 detentos em duas penitenciárias de Manaus em uma guerra de facções criminosas, pelo menos 33 presos foram mortos na madrugada desta sexta-feira na Penitenciária Agrícola de Monte Cristo (Pamc), em Boa Vista, capital de Roraima.

Segundo o secretário de Justiça e Cidadania do Estado, Uziel de Castro Júnior, “possivelmente” os responsáveis pelos assassinatos são criminosos ligados ao Primeiro Comando da Capital (PCC), facção que domina o presídio. “Não existem facções de outras organizações criminosas no local”, disse à Rádio BandNews.  

Em Brasília, o ministro da Justiça, Alexandre Moraes, que anunciava detalhes do Plano Nacional de Segurança, disse que a matança não foi uma retaliação pelo massacre de Manaus, no qual integrantes do PCC foram mortos pela facção Família do Norte (FDN), aliada do Comando Vermelho, que está em guerra com o PCC.

“Não é uma retaliação. Houve a separação dessa facção (PCC) nesse presídio. Então, todos ali eram da mesma facção. Os que morreram eram estupradores e rivais internos que haviam, segundo as informações ainda iniciais, traído os demais. Na linguagem popular, seria um acerto interno, o que não retira a gravidade do fato”, disse o ministro.

De acordo com informações do governo estadual, os detentos quebraram os cadeados e invadiram a ala 5, a cozinha e o “cadeião’, onde estavam os presos de menor periculosidade, e mataram os detentos. Agentes penitenciários disseram que não houve fugas. A Secretaria de Justiça e Cidadania do Estado informou, por meio de nota, que o Batalhão de Operações Especiais (Bope) da Polícia Militar está no local.

A maioria das vítimas foi decapitada, teve o coração arrancado e foi desmembrada. Os corpos foram jogados em um corredor que dá acesso às alas. A brutalidade é semelhante à verificada nas mortes no massacre de Manaus.

Apesar da negativa do ministro, uma foto feita dentro do presídio de Roraima mostra uma inscrição com sangue no chão que sugere que as mortes foram uma retaliação do PCC pelo massacre de Manaus: “FDN CV extermínio. Quem manda aki (sic) é o PCC. Sangue se paga com sangue”

 

Integrantes do PCC escrevem frase com sangue após massacre na Penitenciária Agrícola de Monte Cristo, em Boa Vista (RR) - 06/01/2017 Inscrição feita com sangue no chão em presídio de Roraima sugere que mortes de presos foram retaliação do PCC – 06/01/2017

Inscrição feita com sangue no chão em presídio de Roraima sugere que mortes de presos foram retaliação do PCC – 06/01/2017 (/Divulgação)

Em outubro, a mesma penitenciária de Roraima foi palco de uma rebelião provocada por rivalidade entre o CV e o PCC, que deixou dez mortos – três teriam sido decapitados e sete corpos foram queimados em uma fogueira no pátio da unidade.

Leia também:

Naquele massacre, todos os mortos seriam integrantes do CV, que domina cerca de 10% do presídio. O restante da penitenciária é comandado pelo PCC. Na época, as investigações do Ministério Público apontaram que o clima na prisão começou a ficar tenso no início de outubro, quando o PCC e o CV romperam, em nível nacional, uma aliança que perdurava há anos e que permitia a convivência pacífica das duas facções nos presídios brasileiros.

O PCC emitiu uma ordem de que não aceitaria dividir as celas com filiados do grupo rival, que era minoritário. Estes, então, se mudaram para a chamada ala 12 do presídio de Monte Cristo.

 

Comentários

Não é mais possível comentar nessa página.

  1. Paulo Sergio Barci

    Deixem que se matem uns aos outros. A sociedade pacífica agradece.

    Curtir

  2. Paulo Sergio Barci

    O único jornalista realmente bom da Globo é o Alexandre Garcia. Não sei como ele ainda continua lá.

    Curtir

  3. Marco Aurelio Jandelli

    Se não houve fugas o saldo foi positivo então.

    Curtir

  4. Somente 92?

    Curtir

  5. Somente 92? falta mais 100.

    Curtir

  6. Wilmar Arnold

    33 bandidos a menos.

    Curtir

  7. Dinari Gonçalves Moura Filho

    Só no Brasil vemos esses absurdo, esses camaradas sempre vem com essa de direitos humanos, mais a única coisa que sei que direitos humanos e para o pai de família que sai de madrugada para trabalhar , e esses vagabundos vão matam, roubam, estrupam nessas horas não há direitos humanos, depois querem aparecer pra defender esses vagabundos, por mim tinha que morrer 100 por dia, Países como EUA, esses vagabundos vão é para cadeira elétrica, câmara de gás entre outros, bem como alguns países que cortam as mãos desses ladrões, ai não roubam mais…é isso que tem que ser feito mudar o código penal e mandar ladrão e vagabundo para cadeira elétrica…bem como os políticos desse país, que tem que ir pra mesma cadeia que eles…..roubam o país depois vai preso ai ficam doentes,, enquanto ta roubando estão bonzinhos….vai preso fica doente..que morram na cadeia…junto com todos os bandidos que estão la dentro. ninguém ta lá por acaso,pode até ter , mais em cada 1000 pode ter um…o resto ta lá porque merece…se não quisesse estar lá…estariam trabalhando pra sustentar suas famílias..pois os que fazem o mal morrem pelo mesmo mal.
    quem tem dó de vagabundo leva eles pra casa.. quem protege vagabundo é por que nunca teve um familiar morto por um deles…ou mesmo viciado em drogas que esses lixos vendem pra destruir famílias em troca de riquezas de forma ilegal, lugar de bandido é em alcatraz..ai sim não voltariam para rua pra cometer crimes de novo, para mim quem defende criminoso como esses direitos humanos tem que ir para o mesmo lugar…talvez uma filha desses caras de direitos humanos não foi estrupada por um bandido desses.
    Pergunta se eles querem trabalhar, mais roubar é prazeroso..que morram todos.

    sem mais

    Curtir

  8. Julio Andrade

    Alexandre de Morães afirmou que a rebelião em Roraima não foi retaliação pelo o que aconteceu em Manaus mais, tem vídeo no youtube mostrando os caras do PCC se vingando da tal FDN, os caras ainda vivos e eles cortando a cabeça. muito forte as cenas, o ser humano virou bicho.

    Curtir