Clique e assine a partir de 9,90/mês

Mais de 100 presos fogem de presídio de segurança máxima na Paraíba

Segundo autoridades, homens fortemente armados explodiram o portão principal após trocarem tiros com policiais militares e agentes prisionais

Por Da Redação - Atualizado em 10 set 2018, 18h49 - Publicado em 10 set 2018, 11h46

Pelo menos 105 presos fugiram da Penitenciária de Segurança Máxima Romeu Gonçalves Abrantes, em João Pessoa, na madrugada desta segunda-feira, 10. 

De acordo com a Secretaria de Administração Penitenciária, as polícias Militar e Civil já recapturaram 33 fugitivos. Os trabalhos para prender novamente os detentos seguem em andamento, segundo nota oficial da Secretaria de Segurança e da Defesa Social.

Ainda conforme a pasta de administra os presídios, homens fortemente armados explodiram o portão principal após trocarem tiros com policiais militares e agentes prisionais. Um inquérito policial foi instaurado para apurar as circunstâncias da fuga e identificar os envolvidos.

As autoridades desconfiam que cerca de vinte pessoas participaram da ação externa, divididas em quatro carros que se aproximaram da unidade vindos de diferentes direções.

Continua após a publicidade

Um tenente foi baleado durante as perseguições ao grupo que atacou a penitenciária — ele está internado em estado grave. Ainda de acordo com a assessoria da secretaria estadual, no momento do ataque, policiais militares faziam a segurança da unidade instalados em quatro guaritas no muro do presídio. Além disso, 18 agentes prisionais estavam de serviço.

(com Estadão Conteúdo)

Publicidade