Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Mais de 100 presos fazem greve de fome por morte de colega na Rússia

Mais de cem presos iniciaram uma greve de fome, e cinco cortaram a veia, em uma prisão de segurança máxima do sul da Rússia, para protestar contra a morte polêmica de outro preso, anunciaram nesta sexta-feira autoridades penitenciárias.

Atualmente, 125 presos estão em greve de fome na prisão de Salavat, na região de Bachkortostan, mas a situação é estável e a vida dos detentos que cortaram a própria veia não corre perigo, indicou o centro penitenciário.

Defensores dos direitos humanos, citados pela imprensa local, indicaram, no entanto, que mais de 600 presos participam nesta greve iniciada no fim de semana.

Os presos protestam contra a morte de Sergueï Lasko que, segundo eles, foi espancado até a morte pelos funcionários penitenciários.