Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Mãe do atirador de Aurora afirma que não suspeitava do filho

A mãe de James Holmes, que atirou e matou 12 pessoas na estreia do último filme do ‘Batman’, na cidade de Aurora, negou nesta segunda-feira qualquer suspeita sobre o filho, rechaçando informações da imprensa neste sentido.

O canal de televisão ABC News revelou que Alene Holmes admitiu “que seu filho poderia estar envolvido” no tiroteio, ao ser informada do ataque na manhã de sexta-feira.

Segundo Alene Holmes, um repórter da ABC lhe “despertou no dia 20 de julho por volta das 05H45 da manhã e perguntou se meu filho era James Holmes e se vivia em Aurora, Colorado”. “Eu respondi: ‘Sim, é a pessoa certa’, mas estava falando de mim” e ainda não sabia do ataque.

“Uma coisa desta dimensão deve ser tratada em um tribunal, na justiça, e não nos meios de comunicação”, disse Alene Holmes por intermédio de sua advogada, Lisa Damiani, de San Diego.

Acusado de matar 12 pessoas e ferir outras 58 em um cinema de Aurora, subúrbio de Denver, o estudante de neurociência James Holmes foi levado nesta segunda-feira à presença de um juiz do condado de Arapahoe (Colorado).

A acusação deve solicitar a pena de morte contra Holmes, mas apenas uma pessoa foi executada no Colorado desde 1976.

Para a polícia, não há qualquer dúvida de que Holmes é culpado do massacre.