Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Lula recebe apoio de políticos de vários partidos

– Brasília, 29 – Políticos de diferentes partidos se manifestaram em solidariedade ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, diagnosticado com tumor na laringe, após exames realizados no Hospital Sírio-Libanês, em São Paulo.

O presidente da Câmara, Marco Maia (PT-RS), divulgou nota na qual afirma que Lula será vitorioso na batalha contra a doença. “Tenho certeza que o homem que conheci na década de 1980, sempre forte, aguerrido e cheio de vida, enfrentará a doença com a mesma força e energia que todos conhecemos”, afirmou Maia. Mais cedo, o presidente da Câmara havia colocado uma mensagem no twitter. “Meu apoio e desejo de imediata recuperação ao nosso eterno presidente. O homem que transformou nosso País”.

O ministro do Esporte, Aldo Rebelo, desejou “votos de rápida recuperação ao amigo e presidente Lula” pelo twitter. Na mesma rede social, o governador de Sergipe, Marcelo Déda (PT), disse ter conversado com a ex-primeira-dama Marisa Letícia, que o tranquilizou. “Nosso Guerreiro vencerá mais uma! Que Deus proteja o companheiro Lula! A voz que devolveu voz e vez ao povo brasileiro não calará. Voltará mais forte e sempre autêntica”, disse Déda.

Na oposição, o presidente do PSDB, deputado Sérgio Guerra (PE), também se manifestou por meio do twitter. “Espero que o presidente Lula tenha uma rápida recuperação. O debate político ainda precisa muito da contribuição dele”, disse o tucano. O líder do DEM na Câmara, Antonio Carlos Magalhães Neto (BA), afirmou na mensagem: “Desejo total recuperação ao ex-presidente Lula. Ele vai superar isso. Diferenças ficam no campo político, sempre. Que a família tenha fé!”, afirmou ACM Neto.

O presidente nacional do PPS, deputado federal Roberto Freire (SP), divulgou mensagem sobre o ex-presidente. “O PPS é solidário ao ex-presidente Lula e a sua família. Nós desejamos sucesso em seu tratamento e a sua pronta recuperação. Lula agiu corretamente ao não esconder a sua doença. Tal atitude é rara de ser vista em homens públicos”, disse o parlamentar. (Denise Madueño)