Clique e assine a partir de 9,90/mês

Lula em Curitiba: CUT e MST caminham rumo à Justiça Federal

Por segurança, Polícia Militar havia determinado praça no centro da cidade como o local de concentração de militantes favoráveis à Lula em Curitiba

Por Da Redação - Atualizado em 10 maio 2017, 13h27 - Publicado em 10 maio 2017, 12h57

Parte dos militantes que estão em Curitiba para apoiar o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) deixou a área delimitada e está rumando em direção à sede da Justiça Federal, na capital paranaense. Ligados aos grupos Central Única dos Trabalhadores (CUT) e Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST), eles marcham em direção ao local onde o ex-presidente vai depor ao juiz Sergio Moro.

A área destinada aos grupos favoráveis à Lula é a praça Santos Andrade, no centro da cidade. Por razões de segurança, a Polícia Militar havia delimitado o local para evitar o conflito com militantes contrários ao petista ou tentativas de invasão. A Justiça do Paraná determinou, na segunda-feira, um interdito proibitório, limitando a área em torno da Justiça Federal apenas para pessoas previamente cadastradas.

Uma comitiva, de cerca de 200 pessoas, se aproximou da sede da Justiça Federal em Curitiba. No grupo, o senador Lindberg Farias (PT-RJ), o líder dos sem-terra, João Pedro Stédile, o escritor Fernando Morais e o fotógrafo oficial de Lula, Roberto Stuckert Filho.

Continua após a publicidade

Publicidade