Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Líderes pedem proteção de setores mais vulneráveis durante Cúpula

Assunção, 29 set (EFE).- Os líderes ibero-americanos reunidos em Assunção aprovaram neste sábado uma declaração para proteger os setores mais vulneráveis durante a crise, impulsionando políticas que resguardem o investimento social.

Ao fim da reunião na capital do Paraguai, uma das menos movimentadas da história da Cúpula Ibero-Americana, os líderes defenderam implantar ‘políticas, programas e ações com o objetivo de proteger a sociedade em seu conjunto’, e em particular os mais vulneráveis.

As medidas ‘devem ser orientadas a sustentar a capacidade de crescimento do setor produtivo e do emprego’, melhorar a competitividade ‘com inclusão social’ e resguardar o investimento social ‘fortalecendo as redes de proteção e evitando que os custos sociais conjunturais signifiquem atrasos para determinados setores na estrutura social’.

Em geral, a declaração marca o compromisso dos líderes ibero-americanos por um Estado transparente e bem administrado, e enfatiza o ‘papel do Estado na erradicação da pobreza e na redução da desigualdade, através de um investimento social sustentado’.

Para isso, os líderes se comprometeram a promover mudanças progressivas para consolidar um ‘sistema de arrecadação mais eficiente, eficaz e transparente’, que ‘resulte em uma redistribuição equitativa da renda’. EFE